Com cerca de 200 livros cada, os acervos irão beneficiar mais de mil presos e internos

A partir de fevereiro, a Caixa-Estante da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa passou a atender mais duas instituições, totalizando vinte parcerias. Em 16/2, a penitenciária José Maria Alkimin, em Ribeirão das Neves, recebeu sua caixa, e no dia 23/2 foi a vez do Centro Socioeducativo Santa Clara, no bairro Capitão Eduardo, em Belo Horizonte.

A penitenciária José Maria Alkimin realiza, junto aos detentos, medidas socioeducativas, oferecendo formação de ensino fundamental, médio e superior, ações esportivas, e acompanhamento pedagógico. O Centro Socioeducativo Santa Clara, voltado para menores entre 14 e 17 anos, oferece aos internos ensino fundamental, além de acompanhamento e outras medidas de ressocialização. Na penitenciária, cerca de mil presos terão acesso ao acervo da Caixa-Estante; no Centro Socioeducativo, por volta de cem internos serão beneficiados.

Foto de Aline Cântia e Chicó do Céu

Crédito: divulgação

Música e contação de histórias animaram as inaugurações

A inauguração na penitenciária José Maria Alkimin contou com apresentação do espetáculo Contos de lá nos cantos de cá: Aline Cântia e Chicó do Céu trouxeram um repertório de músicas e histórias tradicionais, literatura e cultura popular de diversos povos. No Centro Socioeducativo Santa Clara, Beatriz Myrrha comandou o evento, levando históriasque abordaram de forma lúdica temas como valores sociais, ética, honra e responsabilidade.

Cláudia Ferrari, coordenadora do setor Caixa-Estante, celebra as novas parcerias: “é uma experiência muito feliz porque a literatura é libertadora, e a leitura amplia horizontes. Os resultados são perceptíveis na interação com os presos e internos”.

Democratizando o acesso à leitura

Completando 47 anos em 2016, o serviço de Caixa-Estante envia acervos cuidadosamente selecionados a instituições diversas (hospitais, creches, asilos, centros de detenção, entre outras), com o objetivo de garantir o acesso ao livro e à leitura a pessoas que não podem se deslocar até uma biblioteca.

A Caixa-Estante comporta por volta de 200 livros, selecionados pela equipe de acordo com o público da instituição a ser atendida, e trocados periodicamente. Além de fornecer os acervos, o setor capacita um profissional da instituição atendida a realizar a mediação de leitura, auxiliando os leitores na escolha de livros e oferecendo sugestões, e também promove atividades culturais, como contação de histórias e encontros com autores.

Para pleitear uma Caixa-Estante, a instituição deverá entrar em contato com a Coordenação do Setor de Caixa-Estante da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, no e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelo (31) 3269 1229.