Exposição Paisagens Invisíveis - Samuel Jesus de Oliveira

Exposição Paisagens Invisíveis -  Samuel Jesus de Oliveira

From de Outubro de 02, 2018 08:00 until de Novembro de 06, 2018 18:00 Save to calendar

At Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães Praça da Liberdade, 21 - Funcionários, Belo Horizonte - MG, Brasil

Posted by Vinícius Cardoso

galeria.sub@cultura.mg.gov.br

3269-1204

Categorias: Exposições

Rate:

O Tempo corre como cor e espaço

A cidade subtraída e abstrata

E a cor da matéria tinta encobre paisagens novas,

O suporte se abre em universo dividido em partes de cor/tempo.

Para as pessoas que Samuel Oliveira recolhe do seu tempo e lugar, no cotidiano da cidade, há também a não consciência de ser colhido.  É registrada em sua inconsciência de estar e ser parte da urbe, e colocada pelo artista dimensão plástica de relações geométricas e cromáticas, onde o duplo se estabelece como regra. É intensa a nada ingênua força das pinturas em conduzir-nos à experiência de adivinhar arquiteturas. Diverte-nos de maneira refinada com paisagens e nos desafia, por que, no caso deste conjunto de pinturas - dípticos, círculos e recortes, está latente a potência do invisual – que invade a galeria, a força do trabalho nos envolve como personagens do seu enredo, também recortados de realidades relativas.O artista, em suas derivas pelas ruas da cidade, como um flaneur, recolhe o invisual latente nas suas relações rápidas e extremas com pessoas e objetos que passam, param, contemplam, trabalham, hesitam ou simplesmente repetem uma função de todo dia. As áreas de cor nos afrontam como espelhos para o olhar, que fatalmente cobra, como figuras das pinturas, algo de nós. Resulta toda essa rede, num jogo plástico precioso e numa bela mostra, nas suas sutilezas e cruezas.

Sérgio Vaz.

Artista, professor e pesquisador em artes.

 

Samuel Oliveira énatural de Piracema/MG. Cursou Licenciatura em Artes Plástica na Escola Guignard – UEMG, habilitando –se em Pintura em 2017 e Fotografia em 2016. Participou de diversas exposições coletivas no período de 2013 a 2018. Destaque para Pintura Mineira Recorte – 2018.   Artista premiado no VI salão de Arte de Itabirito e Regional de 2013. Entre 2017 e 2018 participou com exposições nos salões: 42° SARP - Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional-Contemporâneo, VIII Salão de Arte de Itabirito e Regional - Itabirito/Ouro Preto/ Belo Horizonte, 17° - Salão Nacional de Arte de Jataí – GO e na Bienal das Artes - SESC DF - 2018.


2018-10-02 08:00:00
2018-11-06 18:00:00